segunda-feira, 15 de junho de 2015

Egoísmo Até Depois Da Morte


Eu e os meus amigos já, algumas vezes, debatemos o tema o que fazer com o nosso corpo depois da morte. E todos têm a mesma opinião: fazem do meu corpo o que bem entenderem! Ufa, ainda bem que não tenho de tomar essa decisão. Deve ser o que todos pensam!
Ao preencher um “boletim de saúde” deparei–me com a pergunta “deseja doar os seus órgãos depois da morte?” Num primeiro instante, fiquei chocada, depois reflecti sobre o quão importante os meus orgãos poderão ser para um vivo que precisa deles para sobreviver. Ainda assim, cheguei à conclusão que preferia não ter de responder esta a pergunta. Aliás, preferia não a ter lido. No entanto, depois disso já fiz algumas perguntas a mim mesma e não estou certa das respostas. Afinal, é depois da morte. Para quê é que um morto precisa dos orgãos. E se fosse para mim, ou o pior, para o meu ente querido vivo a espera da ajuda de um morto?
Como é possivel ser egoísta até mesmo depois da morte?

Paula Ribeiro