segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Dona Joaquina


É tão bom ver a Dona Joaquina vestida no que, provavelmente, será um dos seus melhores fatos, sentada na tasca do Sr. António.
D. Joaquina não costuma ir chatear o pessoal do hospital na tentativa de marcar uma consulta, mesmo depois de o médico lhe ter prescrito os medicamentos necessários há dois dias, tudo isto, talvez, só para ter com quem conversar. Bom, se calhar D. Joaquina chateou as pessoas que queriam apanhar o mesmo autocarro. Afinal de contas, hoje em dia, já não consegue subir o autocarro com a mesma facilidade que conseguia há 60 anos, quando tinha apenas 20 anos e estava no auge da sua juventude.
O problema é que ela envelheceu e conseguiu chegar aos 80. Conseguiu educar filhos praticamente sozinha, porque o marido era emigrante e hoje até já tem netos.
Engraçado, ela conseguiu o que praticamente todos desejam. Ter a oportunidade de ver os filhos encaminhados na vida e brincar com os netos (pelo menos alguns). Ou seja, chegar, pelo menos, perto dos 80. Mas temos um problema, ninguém está pra aturar os velhos, porque estão sempre onde não deveriam estar, estão na nossa sociedade.


Paula Ribeiro